Coordenação das políticas fiscal e monetária no Brasil: há um regramento consistente?

Resumo: Busca-se com este projeto a realização de uma avaliação empírica das relações entre política fiscal e política monetária no Brasil, à luz dos objetivos e condução de instrumentos por ambas nos últimos anos. Tal avaliação empírica será realizada por meio da identificação de regras de reação dos instrumentos fiscais e monetários no Brasil, o que permitirá uma avaliação da natureza das inter-relações entre as duas dimensões da política econômica brasileira nos anos 2003-2017. Basicamente, parte-se do conceito de que uma coordenação adequada entre essas dimensões é consistente com a estabilidade de preços e a solvência do setor público no longo prazo.

Data de início: 2017-06-22
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Ricardo Ramalhete Moreira
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910